10 comentários:

Excelente introdução histórica, a acompanhar uma receita magnífica! Excelente aspecto! :)
Beijinho*
Vânia Costa a 27 de Dezembro de 2010 às 22:28
Obrigada, Vânia!
E além do aspecto... tem um saborzinho óptimo... e uma textura super delicada.
Beijinhos
Graellsia a 27 de Dezembro de 2010 às 22:48
Como sempre, mais uma receita deliciosa e um post à medida. :)
Fiz o bolo rainha para a mesa de Natal! :))
Beijinhos
Gasparzinha a 27 de Dezembro de 2010 às 23:25
Obrigada! :) E como correu? Ficou bom?
Beijinhos
Graellsia a 27 de Dezembro de 2010 às 23:33
Ficou com uma textura mais consistente do que o que habitualmente faço, mas gostámos.
Gostei da proporção de frutos secos, fica bem recheado, como eu gosto. :)
Gasparzinha a 27 de Dezembro de 2010 às 23:37
A quantidade dos frutos obriga a que a textura do bolo fique mais compacta, mais fechada, mas é uma receita que mantém uma certa humidade e suavidade da massa em contraste com os frutos e é tão aromática.
Espero que não tenha desiludido.
Um beijinho
Graellsia a 28 de Dezembro de 2010 às 00:18
Eu amo cozinhar e comer, e seu blog é um estímulo constante! Estou estudando Português, por isso, desculpa os erros!
tapas a 26 de Janeiro de 2011 às 15:46
Eu amo cozinhar e comer, e seu blog é um estímulo constante! Estou estudando Português, por isso, desculpa os erros!
tapas a 26 de Janeiro de 2011 às 15:49
Olá descobri o seu blog hoje quando perguntava no facebook se alguém conhecia uma receita de pão de soja, o luiz alexandre recomendou-me o seu blog e gostei tanto que tenho estado a ler receita a receita.
As fotos estão com um aspecto maravilhoso, a introdução histórica está muito bem, diz tudo o que é importante sem se tornar enfadonho. As receitas também estão excelente.
Obrigado!!! Só uma questão esta levedura a que se refere tem alguma marca? Onde podemos encontrar? Só conheço a vahiné e uma q costuma estar perto da padaria nas grandes superficies, mas estes são já fermentos prontos a adicionar.
margarida
margarida martins a 23 de Março de 2011 às 23:34
Olá Margarida!
Desde já quero agradecer as suas doces palavras. São uma motivação.
Em relação à levedura, encontra-a nas padarias, quer de rua, quer dos hipermercados, bastando pedir por fermento de padeiro ou levedura. Normalmente, vendem barras de 500g, mas poderá pedir apenas o que necessitar para o momento. Também encontra levedura, como diz, na zona dos frescos, junto da padaria das grandes superícies, mas numa dose muito pequenina. Em relação à levedura, por exemplo, da Vahiné, não é levedura fresca como a anerior, mas desidratada. O resultado é o mesmo, a diferença reside nas quantidades a utilizar.
Beijinhos
Graellsia a 27 de Março de 2011 às 17:15